By Paulinha ♥

Segredos caseiros, truques e dicas para a saúde, higiene e beleza da nossa casa!

 
Como acabar com os ácaros!!!
 
 
 






Olá pessoal!
Já que estamos em pleno inverno, procurei um texto sobre este bichinho que realmente nos encomoda e se reproduz rapidamente no inverno.
Atualmente, milhões de brasileiros sofrem com o agravamento de suas crises de alergia respiratória. Como se não bastassem as mudanças no clima, a umidade e a poluição, o inimigo está também em casa: o ácaro!
Afinal, o que são ácaros de poeira?
Os ácaros de poeira são aracnídeos (pertencem à família das aranhas) e podem ser vistos através de um microscópio comum.

Como os ácaros vivem?
Os ácaros preferem locais com umidade relativa acima de 50% e temperaturas de 18º a 26º C. Os ácaros da poeira raramente são encontrados em climas secos e em grandes altitudes. Os ácaros da poeira doméstica alimentam-se principalmente de descamação de animais e humanos, fungos e outros restos encontrados em ambientes humanos. Manter sua casa sem poeira ajuda a diminuir a população de ácaros.

Agentes alérgenos
Os principais agentes alérgenos, são: a poeira doméstica, ácaros, fungos, saliva e pêlos de animais, penas e baratas. Evitar todos esses alérgenos é uma das primeiras recomendações para o controle dos sintomas alérgicos, disso depende o sucesso do tratamento. Não se pode esquecer que medidas simples de higiene ambiental (como passar pano úmido na casa) e revestir os colchões e travesseiros com capas plásticas ou tecidos impermeáveis, demonstram grande eficácia e baixo custo.

Tipos de alergia

Os tipos de alergia mais conhecidos, sâo: rinite alérgica, rinite sazonal e rinite persistente. Outros alérgenos podem estar presentes em medicamentos, plantas, alimentos e venenos de insetos e podem causar uma grande variedade de sintomas diferentes daqueles associados à rinite alérgica.
Rinite alérgica é um termo médico que se refere à inflamação da membrana do nariz causada por reações alérgicas. É a doença crônica mais comum em seres humanos normalmente surge na infância e juventude. O fator de risco mais significante para desenvolver a rinite alérgica é a história familiar de alergia.

Rinite sazonal, esse tipo de alergia se caracteriza por aparecer repetidamente somente em algumas épocas do ano.

A rinite persistente está normalmente associada à sensibilização aos alérgenos presentes dentro de casa, como os ácaros e o pó. Os sintomas dessa rinite são semelhantes aos da rinite sazonal, mas não são idênticos. Quem tem rinite persistente sofre menos com espirros, olhos vermelhos e lacrimejantes mas, no entanto, essas pessoas geralmente apresentam prurido nasal, coriza e obstrução nasal crônica.

Outono e inverno: maior incidência

No outono e no inverno, em razão do tempo seco, os ácaros secam. Suas carcaças e fezes, suspensas no ar, tornam-se as maiores responsáveis pelas crises alérgicas. Quando aspiradas irritam as mucosas do nariz, da garganta e do pulmão, provocando rinite, sinusites e bronquite. A presença de 500 indivíduos por grama de poeira é suficiente para causar uma crise alérgica. É impossível livrar as residências dos ácaros. A saída é tentar controlar a quantidade de ácaros, fazendo com que ela fique abaixo da concentração capaz de causar crise alérgica.

Locais de concentração dos ácaros

O estrado da cama é o local da casa onde há maior concentração de ácaros. Ali a quantidade desses parentes microscópicos da aranha é, em média, três vezes maior do que na parte de cima da cama. Depois do colchão, o sofá, o tapete, a despensa e a cortina aparecem como os esconderijos prediletos dos bichinhos. A revelação faz parte de uma pesquisa da Unicamp e entrou para o "Anal of Allergy", uma publicação científica internacional. O trabalho se baseou em amostras de poeira coletadas em 58 casas de Campinas e resultou em uma tese dedoutorado e uma dissertação de mestrado.

Segundo Celso Henrique de Oliveira, pesquisador do Departamento de Pediatria da Unicamp, uma pessoa adulta libera cerca de cinco gramas de pele por semana, sendo que duas gramas estão no colchão. "Na cama, comida é o que não falta para eles", diz o médico. Por isso, manter a higiene da casa é fundamental para combater os ácaros.


Dicas para manter a casa distante dos ácaros:

01 - Cobrir colchões e travesseiros com capas antialérgicas.
02 – Virar o colchão a cada 15 dias.
03 - Travesseiros e almofadas com penas e algodão devem ser substituídos por outros materiais antiácaros. Por exemplo: látex.
04 - O estrado da cama é o local da casa onde há maior concentração de ácaros. Manter o estrado sempre limpo.
05 - Usar desumidificador para reduzir a umidade relativa do ar para 45% ou menos.
06 - Retirar tapetes, carpetes, móveis estofados, animais peludos e materiais amontoados, especialmente dos quartos.
07 – Retirar as cortinas de tecido e substituir por persianas plásticas.
08 – Manter a casa arejada e iluminada. Ambientes ensolarados evitam o surgimento de bolor (fungos).
09 - A casa (especialmente o quarto) deve estar sempre limpa. O uso do pano úmido na limpeza é uma forma eficaz de remover a poeira. Passar aspirador de pó pelo menos uma vez por semana, usando saco HEPA.
10- Evitar fazer refeições na cama ou no sofá (os “restos” podem servir de alimento
para os ácaros).


Adeus ácaros!

Bjs ;)

Fonte: www.destaquesp.com/index.php/Saude/Prevencao/acaro-vilao-da-rinite-alergica.html

 


 
 
 
Como acabar com o mofo??
 



O mofo é um dos vilões que aparece por causa da umidade e provoca estragos na casa.
Basta olhar nas paredes dos cômodos, no azulejo do banheiro e até dentro dos armários e lá está ele. Além de deixar a casa feia, o mofo também pode prejudicar a sua saúde e de toda a sua família, provocando desde simples dores de cabeça até crises alérgicas e problemas de pele.
A primeira dica de como acabar com o mofo, e também a mais fácil, é abrir as janelas de casa. Assim, o ar circula melhor no ambiente e você elimina a umidade, evitando que o mofo se multiplique. Mas existem outros truques para eliminar o mofo que são bem fáceis de aprender, confira.

Nos armários

A melhor maneira de evitar o mofo nos armários é fazendo uma limpeza constante. Use um pano úmido para esfregar, principalmente nos cantos e deixe as portas abertas até secar. Você pode utilizar a mistura de água e água sanitária para limpar os armários.

No banheiro

Para acabar como o mofo no banheiro a receita é simples. Para cada litro de água misture 100 ml de água sanitária e passe essa mistura usando uma esponja áspera nos locais onde houver mofo.
Além das receitas caseiras, existem nos super mercados produtos tira-mofo, que normalmente vêm em embalagem com borrifador. Aplique o produto na área em que se encontra o mofo, aguarde alguns minutos e use uma esponja para remover.
Outra boa dica de como evitar o mofo é pintar as paredes e o teto do banheiro usando tinta anti-mofo. Antes de aplicá-la é importante limpar bem a superfície usando a misturinha de água sanitária, senão o problema volta.

Bjs ;)


(Fonte\ Deborah Busko)
 
 
 
 

Manter as toalhas de banho sempre secas é um hábito saudável sabia?

Olá pessoal!

Tem uma coisa que me incomoda muito no inverno, as toalhas de banho. Por conta das baixas temperaturas, aqui no sul, além de ficarem geladas demoram a secar e acabam ficando com mau cheiro por causa da humidade e ausência de Sol.

Tínhamos, até então, duas opções usarmos assim mesmo, geladas, ou colocarmos na secadora o que com certeza pesa no bolso aumentando a conta de luz...


Mas, nós temos mais uma opção,as toalhas podem ficar secas e quentinhas, existe no mercado um acessório de banheiro muito útil e charmoso, o Toalheiro Térmico.


É revitalizante tomar um banho quentinho, principalmente nas manhãs frias do sul e poder prolongar esta sensação gostosa e aconchegante do banho, com uma toalha seca e quentinha, acreditem é realmente maravilhoso.

A toalha fica quente e seca, pronta para ser usada o consumo de energia é baixo e o resultado é pouco impacto ao meio ambiente e no nosso bolso!



Segundo o fabricante, o sistema utilizado para aquecer é totalmente seguro, não dá choques e não estraga os variados tipos de tecidos atoalhados, naturais ou sintéticos, aquecendo a toalha sem ressecar as fibras.












Estão disponíveis no mercado em variados tamanhos e formas,com 35w de potência para os modelos pequenos e 70w para os grandes.




Eu fiz uma pesquisa de preço antes de comprar e acredito que, pela internet podemos adquirir pelo menor preço, direto do fabricante, mas confira se a sua loja preferida não tem um preço promocional.



Se levarmos em conta o conforto e a higiene de usar uma toalha seca, quentinha livre de fungos e bactérias, que habitam em nossos banheiros, a relação custo benefício vale a pena com certeza!


Eu adorei, espero que gostem!
Bjs  ;)
 





Como acabar com as lemas?!
Receitas da Vovó!

Estes animais de corpo mole e segmentado, meio nojentos, podem ser uma verdadeira praga se não forem controlados. Em nossos jardins, atacam nossas plantas e canteiros entram em nossas casas deixando um rastro de uma substância viscosa e brilhante em nossas paredes, pisos, alimentos e até na ração de nossos animais de estimação...



Se as lesmas estão te encomodando, aproveite estas dicas e livre-se delas de uma forma simples, econômica e sem agredir o meio ambiente!


Dica nº1

Distribua à noite, ao redor das plantas e canteiros, uma faixa de uns 15cm de largura de pó de cal virgem ou de cinzas de madeira.


Dica nº2

Para fazer uma catação natural, use iscas de pão embebido em leite e cerveja e coloque-as no pé da planta que precisa de proteção.As lesmas virão até as iscas.


Dica nº3

Para eliminar as que já estão dentro de casa, coloque uma colher de sal. As lesmas possuem a pele diferente da nossa, uma colher de sal pode “derretê-las.

Dica nº4

Coloque dentro de um potinho uma estopa, sal e um pouco de cerveja. A cerveja fica impregnada no ar e atrai as lesmas, a estopa vai deixá-las presas, enquanto que o sal elimina as lesmas.

Não esqueça de enterrar depois
e adeus lesmas!

Bjs ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Deixe seu recado, vou adorar ler.
Se quiser falar comigo de forma particular, me mande um e-mail:
crussopoa@hotmail.com
Abarço,
Carla ;)