By Paulinha ♥

domingo, 28 de outubro de 2012

Desafio das palavras do Blogueiras Unidas!

 
Bem não vai ser muito fácil, mas vamos lá...
A dois anos fui diagnosticada com síndrome de pânico e depressão...
Eu nem sequer supunha que meu mal estar e certeza de que estava infartando eram sintomas da síndrome do pânico e depressão e aos poucos fui deixando de fazer coisas simples como trabalhar, onde sempre tive muito sucesso por ser extremamente dedicada, não queria mais passear, pois muitas pessoas eram sinônimo de falta de ar, taquicardia e a ferrenha certeza que meu coração ia parar de bater ou explodir a qualquer momento se eu não fosse imediatamente para casa, um lugar seguro para mim, ou ao instituto do coração...
 
Ocorre que nestes momentos não somos entendidos por todos que nos rodeiam e muitos se afastam, amizade e lealdade não são qualidades cultivadas por todos que me rodiavam, muitos até por ignorarem esta doença, esquisita por assim dizer, pois ela é nossa inimiga e terrível algóz e sem tratamento somos reféns de nós mesmos, de nossos medos, delírios e profunda tristeza...
 
Porém fui agraciada por ter um esposo e família maravilhosos e alguns poucos, porém sinceros amigos que não me negaram apoio e afeto e assim tive forças para sair do labirinto que minha mente criou e hoje sei o quão difícil é entender esta doença silenciosa que leva muitos ao suicidio, as pessoas tem preconceito quando agente diz que vai ao psiquiatra, logo deduzem; "Nossa esta é louca!"
Loucura mesmo é sentir na pele a ignorância das pessoas, o preconceito e a falta de ajuda e informação...
 
Nunca desejei a compaixão de quem quer que fosse, sou uma mulher guerreira, mas já não me reconhecia coisas simples como tomar banho, me maquiar, fazer as unhas, me alimentar já não me eram mais atraentes e se não fosse a determinação de meu esposo amado eu não sei o que seria de mim...
 
Muitas vezes eu pensava pra que viver assim, triste, acuada, com medo de tudo e de todos, pois nem de longe eu era a mulher forte guerreira que sempre fui, acabar com meu sofrimento através da minha morte me parecia ser o mais sensato a fazer...
 
Meu esposo nunca perdeu a esperança, acreditava que isso ia passar e nunca foi agressivo ou  impaciente diante das minhas crises, mesmo quando liguei chorando, pois estacionei o carro no meio da estrada que liga Canoas a Porto Alegre e disse que não sabia mais dirigir, lá foi meu herói me socorrer... 
 
Me levou para tomar banho e me passava cremes, ritual que era comum eu fazer antigamente pois sempre fui vaidosa, me dizia para fazer as unhas e os cabelos e entendia meu silêncio, minhas crises de choro sem nem saber o por que delas, me levava ao médico e se certificava de que eu estava comendo e tomando o medicamento...
 
Após um longo período sem abrir janelas, sem ver o sol, sem interagir com entes queridos e amigos aos poucos fui renascendo, ficando mais forte e tendo a certeza de que poderia recomeçar...
 
Hoje, após dois anos me sinto muito melhor, voltei a sorrir e a ter gosto por muitas coisas que já não tinha posso dizer que desta doença além da lição de vida de valorizar muito mais as pessoas e as coisas que me rodeiam como um dia de sol, fiquei com uma fragilidade que ainda não me abandonou,  eu não sei lidar com pessoas rudes e de fala autoritária elas me fazem mal, sempre fui carinhosa e hoje sou mais ainda e ser assim me faz bem...
 
Neste mundo virtual me sinto segura e em paz principalmente depois de conhecer as Blogueiras Unidas, muitas delas já são tão queridas e especiais que parece que as conheço a anos aqui encontrei felicidade pois o lema Gentileza gera Gentileza me é absolutamente familiar, pois pratico a muitos anos e acredito que recebemos o que há de melhor das pessoas e oferecemos o que há de melhor em nós...
Quanto a mim, podem esperar que irão receber meu carinho, afeto, lealdade, sinceridade, respeito, admiração e amor...
 
Se alguma de vocês passou por isso não se envergonhe, não se cale tenha coragem de renascer de dizer assim como eu:
Eu sobrevivi!
 
Bjs no de todas ;)
 
 
 

12 comentários:

  1. amiga já te admirava agora mais ainda
    pela força, garra, determinação, perseverança sua danada, como vce é linda, venceu e ta dando força pra varias pessoas vencer e mostrando q isso é possivel isso se chama amor carla russo.
    Brilhe, cante, encante, se reenvente mostre pra vida quem é vce linda maravilhosa, surpreendente viva intensamente e agradeça a deus pela nova oportunidade.
    Diga pra vida eu sou mais eu!
    diga pro alvo ai vou eu......
    flecha veloz nas mãos de Deus!
    vai em frente o mundo é seu.......
    pois é a fé q faz o heroi!
    olha pra dentro de vce, lá dentro bem no fundo.
    só realiza quem constroi.
    Agente nasce é pra vencer!
    bjos amiga querida
    parabéns pra vce!

    ResponderExcluir
  2. \o/ Obrigada minha amiga amada tens seido uma garta surpresa em minha vida ter-te por perto tens a luz divina e a alegria das crianças na pureza de tuas palavras as pessoas se encantam e virão tuas fãs!
    Bjs miga

    ResponderExcluir
  3. olá querida Carla,lendo o seu relato me emocionei,pois parecia que voce falava de mim,porque passei quase 7 anos da minha vida da mesma maneira que voce relatou,foi logo que meu filho mais velho nasceu,eu sofri da depressão e do preconceito juntos,até alguns da minha própria família diziam q era frescura,mas com a ajuda de Deus e da minha mãezinha q hoje já não vive mais,estou de pé e tenha certeza amiga que quantas vezes nós cairmos,todas elas nos levantaremos,pq o ouro pra ficar reluzente tem q passar pelo fogo,e nós conseguimos amiga,passamos e estamos aqui hoje,somos sobreviventes,meu forte abraço de amiga,bjos.

    ResponderExcluir
  4. mana parabens por abrir teu coraçao de forma carinhosa e tambem ajudando outras mulheres. linda tua decisao
    mana cada dia eu me orgulho de ser tua irma.tua força e incrivel tiamo

    ResponderExcluir
  5. Minhas lindas vcs enchem meu ♥ de alegria!!!
    Anézia sua linda obrigada por dividir sua história me dá mais força ainda!
    Mana Shana te amo tbm obrigada pelo carinho bjsss

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo de bom ...
    Obrigada por seguir o meu blog .
    Também estou a seguir o seu , como poderá ver .
    Eu recomendei no +1
    Parabéns o seu blog está magnifico .


    Ernesto
    ernestocastanha.blogspot.com
    ernestocastanha.blgs.sapo

    ResponderExcluir
  7. E além de sobreviver, conseguiste fazer muito bem um texto legal e cumpriste o desafio!! beijos,tuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  8. Bom dia!
    Que blog lindo e organizado, estou te seguindo....
    template lindo esse neh?
    Beijos linda!

    ResponderExcluir
  9. Uauu Carla, te conhecendo hoje, jamais imaginaria o imenso e doloroso processo que passou a dois anos.

    Minha amiga que grande inspiração é você para outras pessoas que estejam passando pela mesma situação.

    Que grande alegria por saber que venceu esta batalha e Parabéns aos entes queridos pela compreensão, apoio e a verdadeira forma materialização do Amor!!!

    Bjos
    Bia

    ResponderExcluir
  10. Oi querida Carla!

    Vim retribuir a visita e espiar a postagem do desafio! Parabéns, tua postagem está emocionante e cheia de verdades! Através deste desafio você foi capaz de externar teus sentimentos mais íntimos e ao ler os comentários você irá observar que não estamos sós! Todas as pessoas têm problemas, mas muitas se esconder atras de mascaras! Lembre! Frequentamos psiquiatras e fazemos psicoterapia para justamente tirarmos as mascaras que encobrem nossa tristeza e assim sabermos como lidar com nossos problemas com a naturalidade e força necessárias! Estamos juntas nesta batalha e juntas somos mais que vencedoras!
    Abraços querida!
    Obrigada por fazer parte de nosso mundo virtual!
    Siglea - BU

    ResponderExcluir
  11. Minhas queridas amigas!

    Nem sei como agradecer as palavras carinhosas e de força saibam que cada uma de vcs fazem parte da minha vitória pois cada uma sempre me ofereceu o que tem de melhor
    espero saber retribuir!
    Bjs no coração de todas! ♥

    ResponderExcluir
  12. carlinha, tem selinho p vc la no blog, bjos.

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe seu recado, vou adorar ler.
Se quiser falar comigo de forma particular, me mande um e-mail:
crussopoa@hotmail.com
Abarço,
Carla ;)