By Paulinha ♥

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Com que panela que eu vou???


Alguns pesquisadores alertam que metais de panelas mal usadas contaminam a comida e levam a problemas como intoxicação, anemia, distúrbios gástricos e, no longo prazo, com o uso continuado, expõem usuários a substâncias cancerígenas.

Até revestimentos de níquel ou de material antiaderente, segundo pesquisas, têm riscos para saúde...

O assunto é bem polêmico, mas pelo sim pelo não vamos nos informar, informação é tudo!

 
Saiba como usar cada modelo:
 

                           
 
 
PANELA DE ALUMÍNIO:
 
Os cientistas ainda não sabem se o acúmulo de alumínio em regiões do cérebro é causa ou consequência no desenvolvimento do Mal de Alzheimer, esclarece Késia Quintaes. Mas como este acúmulo está relacionado à doença, recomenda-se que sejam usadas em cozimentos rápidos, como frituras por imersão, e no preparo de alimentos secos, como farofa.
 
Uma dica importante é não remover o óxido de alumínio aquela camada escura que se forma no fundo após a fervura de água. Ele reduz em até seis vezes a transferência do componente para a comida. Evite também arear.
 
O uso desta panela é também contraindicado para portadores de insuficiência renal. Mesmo na geladeira, não guarde alimentos em recipientes de alumínio.
 
COBRE:
 
No Brasil elas só podem ser vendidas se tiverem uma camada protetora, como o titânio. Isso porque aqui esse tipo de panela costuma ser usado para preparar doces e alimentos com tempo grande de cozimento, o que facilita a contaminação. Na França, por exemplo, ela é muito usada, mesmo sem proteção, para fazer crepes, que são secos e de preparo rápido. Os chefs gostam do cobre porque ele é bom condutor de eletricidade e distribui o calor de forma homogênea. Mas se o organismo acumular grandes quantidades de cobre, podem ocorrer problemas gastrintestinais. No longo prazo, há danos cerebrais, problemas renais e nas articulações. O excesso de cobre no organismo leva à leucemia e a câncer intestinal.
 
 
 
FERRO ESMALTADO:
 
A camada esmaltada impede a liberação de ferro para o alimento. Por isso, essa panela pode servir para guardar comida, depois de pronta, sem problemas de transmissão excessiva de ferro para quem tem colesterol alto. Se não for absorvido, ele se acumula em artérias. Assim como a de ferro fundido, essa panela mantém o aquecimento por mais tempo. Késia dá a dica para quem usa a de ferro fundido e se incomoda com a coloração escura adquirida pelo alimento:
- O ferro fundido pigmenta alimentos claros, como chuchu e abóbora. A esmaltada pode ser uma opção, mas desde que bem conservada.
 
 
FERRO FUNDIDO:
 
Esta panela é feita de um metal benéfico à saúde e até ajuda a complementação das necessidades de ferro do organismo. O metal da panela passa para os alimentos e é absorvido junto com eles. Ela é indicada para adolescentes, crianças, gestantes e pessoas com anemia. Mas mesmo neste caso é preciso atenção, informa a nutricionista Késia Quintaes: em excesso, o ferro pode causar hemocromatose  o depósito de ferro nos tecidos de alguns órgãos que, com o tempo, perdem as suas funções. Um modo de evitar isso é não guardar a comida na panela e usá-la para fazer só um dos integrantes do cardápio.
 
 
 
PANELA DE INOX:
 
Para o professor José Alberto Bonapace, do Instituto de Química da UFRJ , esta panela é bastante segura. Isso porque, como o nome diz, o material não se oxida e não libera o metal na comida - reação impedida pela camada de proteção de níquel que faz parte da sua composição. Mas a nutricionista Késia Quintaes recomenda ferver água de quatro a cinco vezes em panelas novas de inox, ou panelas que foram muito areadas, para impedir que a camada de níquel se desprenda. Tomado este cuidado, as panelas de aço inox são uma boa opção para guardar a comida depois de pronta e preparar carnes e molhos, que exigem mais tempo ao fogo.
 
 
 
ANTIADERENTE:
 
Pela praticidade, é muito utilizada nas cozinhas brasileiras. Mas, se for ao fogo muito alto, como na fritura, a queima do seu material pode liberar uma fumaça tóxica que, em experiências com cobaias de laboratório, resultou em câncer. Mas este efeito não foi comprovado em seres humanos. O professor José Alberto Bonapace, do Instituto de Química da UFRJ, recomenda atenção às rachaduras que se formam no fundo e podem servir de depósito de microorganismos.
- Busque produtos de qualidade para evitar a liberação de material tóxico - diz Bonapace, que recomenda o uso dessas panelas em média por cinco anos.
 
 
 
 
PANELA DE TITÂNIO:
 
Esses utensílios são mais recentes e modernos e, os preços, salgados. A nutricionista Késia Quintaes diz que as panelas de titânio não fazem mal à saúde, já que não há contaminação dos alimentos preparados nelas. Além disso, são mais resistentes. As panelas de titânio também podem ser usadas para guardar a comida depois de pronta.
- Elas não exigem a fervura que recomendamos nas panelas de aço inox, pois não há liberação de material na comida - afirma Késia.
O titânio é usado pela indústria, inclusive, para revestir as panelas de cobre e evitar que esse elemento se misture à comida em seu interior.
 
CERÂMICAS:
As panelas de cerâmica, principalmente as de barro com superfície marrom brilhante, devem ter selo de qualidade que garanta que não são usados compostos à base de chumbo. É comum encontrar em países pouco desenvolvidos produtos cerâmicos elaborados com óxido de chumbo na vitrificação. O chumbo é facilmente dissolvido no alimento, especialmente os ácidos. Saladas, frutas ácidas ou fermentados em contato com esse material podem ficar contaminados com componentes pesados como chumbo, mercúrio e cádmio. A intoxicação por cádmio traz problemas respiratórios, bronquite e hipertensão. O organismo incorpora o chumbo que é altamente tóxico, especialmente em crianças. ''O chumbo se deposita no osso em grandes quantidades como se fosse cálcio, o que produz um envenenamento generalizado'', explica Amaya-Farfan. Os danos são diminuição da capacidade mental. ''A criança se torna incapaz de compreender as matérias na escola. Também não consegue dormir à noite porque escuta barulho no intestino. Nesse caso é necessária intervenção médica'', diz. Nos adultos o chumbo provoca anemia. Os sintomas aparecem em crianças, após um ano de uso da panela; em adultos, quatro anos. O ideal são panelas de barro ou de cerâmicas ofuscadas.
 
 
 
PEDRA-SABÃO:

A natureza antiaderente e a capacidade de reter calor por muito tempo são as características mais atrativas. Segundo Késia, esse utensílio libera quantidades expressivas de elementos nutricionalmente importantes como cálcio, magnésio, ferro e manganês.A panela é comprada ''crua'', por isso a cor dela é clara. É um utensílio que libera quantidades expressivas de elementos nutricionalmente importantes, como cálcio, magnésio, ferro e manganês.






ESMALTADA:

As panelas esmaltadas atraem pela beleza, mas podem fazer tão mal quanto às de cerâmica vitrificada. ''O esmalte usado pode conter elementos tóxicos como o chumbo e os decalques na superfície interna, os quais podem conter cádmio '', adverte Késia. É desaconselhável o uso de utensílios antigos (fabricados antes de 1980) tanto esmaltados quanto os de cerâmica. A pesquisadora também diz que é preciso ter cuidado com utensílios pintados à mão, que vão desde colheres, facas, recipientes culinários, entre outros. Algumas tintas são à base de chumbo, que pode ser transferido para o alimento. É desaconselhável o uso de utensílios antigos, de antes de 1980 - tanto esmaltados quanto de cerâmica.


                                    
 
VIDRO:





As panelas de vidro são as únicas que não transferem qualquer resíduo para a comida. O material é obtido por um processo de congelamento de líquidos superaquecidos.
O maior atrativo do vidro é a beleza e a transparência que permite ver o processo de elaboração dos alimentos. A facilidade da limpeza é outro ponto positivo. Mas o preço e fragilidade do material pesam na escolha.


Algumas pessoas reclamam que elas queimam as mãos e não cozinham direito e não douram os alimentos...
 
Vou rever meus conceitos depois destas informações...
 
Bjs ;)
 
 
 Fontes:
\http://oglobo.globo.com/saude/panela-mal-conservada-perigo-para-saude-2786586
http://www2.uol.com.br/aprendiz/n_noticias/boca_livre/id160801.htm

9 comentários:

  1. nossa não sabia disso das panelas, vivendo e aprendendo...

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Carla!
    Como veio a calhar esse assunto, eu estou num dilema, eu uso panelas de alumínio, e já faz algum tempo que tenho vontade de trocar, a minha vizinha teve falta de oxigênio no cérebro, e o medico dela atribuiu ao uso de panelas de alumínio.
    Acho que vou ficar com as de inox !!!
    Muito esclarecedor este post Carla, parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Pois é gurias nem me falem estou de cabelo em pé desde que comecei a pesquisar este assunto para postar...
    Dor de estômago e de cabeça são uma constante em minha vida mas uma coisa é certa vou mudar meus hábitos!
    Obrigada pelo carinho gurias!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela visitinha, vim retribuir...

    Muito bom seu Blog!!! Adorei todas as dicas e vou seguir para não perder nada...BJS...

    Não esquece de participar do meu sorteio...

    http://analaice.blogspot.com.br/2012/09/sorteio-de-primavera.html

    ResponderExcluir
  5. Ai sai e voltei pois esqueci de tomar o chimarrão....rsrsrsrs....Bjs....

    ResponderExcluir
  6. Olá Carla, sempre tive dúvidas quanto ao tipo de panelas usar.
    Super bacana seu post..
    Bjos
    Bia

    ResponderExcluir
  7. Olá querida, obrigada pela visita em meu blog. Adorei as informações..
    Beijinhos e volte quando quiser..

    Aline
    BU 164
    http://linecristiane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelas visitas gurias vcs fazem esta Joaninha muito feliz!
    Bjuuu no ♥ de vcs

    ResponderExcluir
  9. QUE POSTAGEM FABULOSA, COLEGA CARLA!! EU VI SOBRE ISSO UM DIA NO PROGRAMA DA ANA MARIA BRAGA. É MUITO BACANA INFORMAR ÀS PESSOAS A REAL MANEIRA DE UTILIZAÇÃO DESTES UTENSÍLIOS TÃO BACANAS E ÚTEIS.
    MUITO OBRIGADA PELA VISITINHA EM "GAM DOLLS". QUANTO À MINHA POSTAGEM, PREFIRO QUE NÃO A EXPONHA NO FACEBOOK, SE NÃO FICAR CHATEADA. ATÉ PORQUE, EU MESMA JÁ FAÇO ISSO MAS OBRIGADA POR APRECIAR MEUS TRABALHOS. TENHA UMA EXCELENTE QUINTA-FEIRA E VOLTE QUANDO QUISER!!
    SERÁ SEMPRE MUITO BEM-VINDA EM MINHA HUMILDE CASA DE BONECAS VIRTUAL! :)

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe seu recado, vou adorar ler.
Se quiser falar comigo de forma particular, me mande um e-mail:
crussopoa@hotmail.com
Abarço,
Carla ;)